Cobra-cigarra, um inseto com veneno mortal. O antídoto: sexo. Verdade ou mito?

Cobra-cigarra ou jequitiranaboia (Fulgora sp)

Paramos o barco na beira do rio Cristalino e entramos em uma trilha no meio da Floresta Amazônica. Guiava um grupo de turistas europeus fascinados pela biodiversidade do Brasil junto com Sebastião, que foi criado entre duas tribos indígenas no interior do Pará. Após uma hora de caminhada achei um inseto estranho, que nunca havia visto antes, e comecei a me aproximar.  De repente, senti um puxão. “Cuidado! Essa é a cobra-cigarra! Ela mata com uma picada!”.

Sebastião disse que o inseto tinha um veneno mortal capaz de ressecar árvores e matar animais e homens adultos. “A cobra-cigarra voa direto para o seu peito e injeta o ferrão no coração!”. Aquilo me deixou mais desconfiado do que assustado, e eu resolvi investigar.

A cobra-cigarra, também conhecida como jequitiranaboia ou machaca (em espanhol), é um inseto cercado de mitos e lendas. Além da história contada por seu Sebastião me deparei com outra crença associada ao inseto. Em alguns países da América do Sul acredita-se que se uma pessoa é “ferroada”, ela deve ter relações sexuais em menos de 24 horas. Ou então morrerá. Alguns pensam que a picada não é mortal, mas afrodisíaca. Na Colômbia existe a expressão “picado por la machaca” empregada para aqueles com um grande apetite sexual.

Os apêndices cefálicos das cobra-cigarras variam na forma e na cor de acordo com a espécie (Phrictus sp.)

Os apêndices cefálicos das cobra-cigarras variam na forma e na cor de acordo com a espécie (Phrictus sp.) – Foto: Fábio Paschoal

Essa lenda me deixou ainda mais curioso e recorri ao meu livro Animal – the definitive visual guide to the wolrd’s wildlife , da editora Dorling Kindersley (fotos excelentes, infográficos informativos e boas descrições das espécies) para procurar por evidências.

Descobri que a cobra-cigarra não é tão terrível assim. Ela se alimenta de seiva, que coleta das árvores com um longo e afiado aparelho bucal.  Uma das características mais marcantes desses insetos é o formato do apêndice cefálico, resultado do crescimento de certas regiões da cabeça do inseto. Em alguns casos, esses apêndices são adornados com falsas reproduções de olhos e narinas e podem lembrar a cabeça de um réptil.

Existem espécies que apresentam manchas que se assemelham a fossetas labiais, órgão para detecção de calor dos boídeos (família da jiboias e sucuris). Outras apresentam um ponto negro entre os falsos olhos e narinas, que remete a fosseta loreal, órgão dos crotalíneos (grupo das jararacas, cascavéis e surucucus) com a mesma função da fosseta labial.

O apêndice cefálico da cobra-cigarra (Fulgora sp.) possui olhos e narinas falsos. Algumas pessoas relatam que o inseto parece uma serpente, um jacaré ou um lagarto dependendo da espécie - Foto: Fábio Paschoal

O apêndice cefálico da cobra-cigarra possui olhos e narinas falsos. Algumas pessoas dizem que o inseto parece uma serpente, um jacaré, um lagarto e até um dragão dependendo da espécie – Foto: Fábio Paschoal

Essa semelhança com cobras e a presença de um aparelho bucal, que pode ser confundido com um ferrão capaz de inocular veneno, podem ser a origem de tudo. Mas, talvez, essa crença tenha um fundo de verdade: ao ser manipulada, a jequitiranaboia pode usar o aparelho bucal para se defender. É possível que o inseto tenha se alimentado de plantas que produzam substâncias tóxicas ou ele pode estar infectado por bactérias. Se alguém for machucado nessas condições específicas, pode ser que comece a passar mal e até morrer. Porém, até hoje, não há nenhum caso registrado de óbito de humanos causado por cobra-cigarra no Brasil.

Assim não há motivo para temer a jequitiranaboia. Ela é tão perigosa quanto uma cigarra comum. Quanto ao antídoto receitado para o suposto veneno do inseto… parece mais uma tentativa frustrada de um jovem que queria levar alguém pra cama. Se alguém tiver alguma pista deixe um comentário abaixo, por favor.

A defesa da cobra-cigarra não é veneno. Ao ser perturbada, ela abre as asas e mostra um par de olhos falsos na tentativa de assustar um possível predador - Foto: Fábio Paschoal

A defesa da cobra-cigarra não é veneno. Ao ser perturbada, ela abre as asas e mostra um par de olhos falsos na tentativa de assustar um possível predador – Foto: Fábio Paschoal

Para saber mais sobre a cobra-cigarra acesse:

Fatos reais e lendários sobre a jequitiranabóia (http://www.lutzhoepner.de/uebersetzen/jequitiranaboia.pdf)

Fulgora laternaria Linnaeus 1758 (Hemiptera: Fulgoridae) na concepção dos moradores do povoado de Pedra Branca, Santa Terezinha, Bahia, Brasil (http://revistas.unilasalle.edu.br/documentos/Rbca/V1_N1/03.pdf)

Observations on the plant hosts and possible mimicry models of “Lantern Bugs” (Fulgora spp.) (Homoptera: Fulgoridae) (http://www.biologiatropical.ucr.ac.cr/attachments/volumes/vol32-1/20_Hogue_Lantern_bugs.pdf)

Advertisements

124 thoughts on “Cobra-cigarra, um inseto com veneno mortal. O antídoto: sexo. Verdade ou mito?

  1. Quero parabenizar Fábio Paschoal pela matéria , em poucas linhas e algumas fotos ,quebrou um mito que escutava quando criança aqui em Sampa por pessoas que vinham do Norte brasileiro.

  2. Quero parabenizar Fábio Paschoal pela matéria , .em poucas linhas e algumas fotos quebrou um mito que ouvia desde criança aqui em Sampa ,trazidos por pessoas vindas do Norte brasileiro

    • Oi Ellen. A cobra-cigarra não oferece perigo. Deixe ela onde está e, mais cedo ou mais tarde, ela irá embora. Abraço

  3. EU JÁ VI UMA COBRA DESTAS. ME FOI MOSTRADA POR UM INDIO NA CIDADE DE
    DUERE, TOCANTINS.
    EXATAMENTE COMO MOSTRA NA IMAGEM, A CABEÇA PARECE MAIS COM JACARÉ.
    VOCE ESQUECEU DE MOSTRAR O FERRÃO, TIPO UMA AGULHA QUE TEM EM BAIXO DO PEITO.
    SEGUNDO ESTE INDIO ELA É MUITO VENENOSA.

    ABRAÇO ZÉPEDROKOECHE

    • Oi ZÉPEDROKOECHE,

      Essa estrutura é o aparelho bucal da cobra-cigarra. Ela usa para sugar a seiva da árvore e não para inocular veneno. Se você examinar uma cigarra comum irá observar o mesmo tipo de aparelho bucal. Obrigado pelo seu comentário. Abraço

  4. também ouvi muitas historias, de seu veneno, mas trata-se de uma mariposa que seu mimetismo o faz confundir com a cabeça de uma cobra, aqui em minha região PANTANAL MS
    temos duas qualidades a que se parece com uma cobra coral é muito mais arredia e difícil de ver !!!

  5. Eu já estive no Maranhão nos anos 90 e lá vi uma mulher morta por uma supostamente picada de uma cobra de asas e vi um inseto semelhante a este nu vidro de formou

  6. Olá Fabio

    Vimos o artigo e as fotos sobre a Jequitiranaboia, temos um projeto com músicas infantis é um dos Cds tem o nome “Jequitiranaboia” e é claro uma canção falando sobre ela, vamos nas escolas de educação Infantil e ensino fundamental e esta é a música preferida das crianças e das professoras. Ela mostra um pouco dos mitos sobre este inseto.

    Se quiser conhecer nosso projeto entre no site:www.cantandocomascriancas.com.br

    Zé Campelo

  7. Oi sou cantora e uma cobra dessa matou um músico da minha banda qdo fizemos um show em Roraima. Não foi colocado que ele morreu por causa da picada, mas por outras complicações que teve por causa do veneno, como infecção generalizada e parada cardiorrespiratória.

    • Oi Celina,
      Foi um médico que fez esse diagnóstico? Sugiro que leia o artigo Fatos reais e lendários sobre jequitiranaboia (http://www.lutzhoepner.de/uebersetzen/jequitiranaboia.pdf), de Eraldo Medeiros Costa Neto, do Departamento de Ciências Biológicas, da Universidade Estadual de Feira de Santana (BA). Ele diz que a literatura científica não registra qualquer caso de óbito decorrente do ataque de jequitiranaboia.

  8. Poxa que pena que é mentira….. Já estava pensando em criar para vender, ia ter tanta gente comprando e dando para o parceiro ser ferroado para ter sexo. Kkkkk
    Valeu a reportagem 🙂

  9. Nunca vi este inseto antes, mas ele é muito lindo, uma pena inventarem lendas ruins sobre ele pois as pessoas quando se deparam com uma coisinha linda desta, fica com receio e procuram ate mata-las. Que pena!!

  10. conheço esse inseto, no nosso terreno elas vivem em uma arvore chamada marupá uba. chamavamos de jaqueranamboia.

  11. todos em casa temem essa cobra, neste momento avistei uma fiquei com tanto medo e apovorado que matei, mais depois arrependir pos vi esta reportagem…
    moro no pará e tem muitas dessas por aqui

  12. Minha mão sempre dizia: que a Cigarra era um inseto inofensivo. Pois Eu não tinha coragem de pegar uma como ela pegava e meus colegas na época pegava hoje nem se vê muita delas, mais Hoje no ano de 2015/09/18 eu avistei uma que meu gato queria comer. e resgatei ela de novo( pois antes ela estava mais pequena e meu gato queria comer ela) Hoje percebi que era a mesma cigarra… e peguei ela de novo ela andou na minha mão calmamente e tirou seu ferrão de sua fosseta loreal e aplicou ele na minha mão senti alguma coisa agora eu não sei se eu estava impressionado de ter pegado ela e ela me ferroar … botei ela num aquário neste momento 2015/09/18 hr 23:05 … Minha pergunta é isso faz mal ?

  13. Em RIO NOVO DE MATILDE , ALFREDO CHAVES – ES , eu e minha mãe em novembro de 2014 pela manhã nos deparamos com este inseto , não sabiamos do que se tratava . LÁ também próximo a cachoeira DARÓS , vimos um LOUVA DEUS de aproximadamente 40 cm , e uns 3 cm de largura em uma das árvores eucalipto . LA a biodiversidade é inacreditavel tudo é lindo e mais intenso .

  14. fOLCLORE- uM VALENTÃO ENTRA NUMA BODEGA ( BAR-BOTEQUIM) E SE APRESENTA:

    (Um cantador versejou:

    Eu sou o tiranaboia

    besouro do Piauí,

    onde enfio meu ferrão

    vejo a matéria sair.

    O outro respondeu:

    Você não é tiranaboia,

    nem besouro do Piauí,

    você é um rola-bosta,

    besouro mesmo daqui.)

  15. MUITO BACANA ESSE COMENTARIO, MORO EM RORAIMA, OU COMO DIZEM OS IGNORANTES RORÃIMA E POR AQUI TANTO QUANTO NO AMAZONAS TODO MUNDO ACREDITA QUE ESSE BICHO É ALTAMENTE PERIGOSO E VENENOSO, TANTO QUE QUANDO SE CONSEGUE VER UM O COITADO ESTA MORTO, OU MATA ALGUEM DO CORAÇÃO.
    VOU DIVULGAR ESSE ARTIGO PRA VER SE PARAM DE MATAR O ANIMAL.

  16. Bem pessoal nao sei dizer se a cobra cigarra e venenosa ou não mais trabalhando na br 319 eu e uma equipe se deparamos como uma dessa e acho que para se defender ela voa em direçao da pesso como ataque e ficamos comedo pois nunca tiamos visto isso!

  17. de vez em qdo encontramos elas em nosso sitio, e eu tremia de medo por essas historias de poder matar, obrigado pelo esclarecimento.

  18. Eu pesquisei este inseto justamente porque um pai de um cliente foi ferroado e morreu mais de 24 horas após. Se tiverem interesse e meios de irem, vão no museu de Caririassu no sul do Ceará que terão na integra as informações.

  19. Em 12 de junho de 2002 eu fui picada por uma cobra de asas,é muito dolorosa,caracteriza a uma picada de escorpião,so q mais doída,fiquei sentindo por varios dias umas fisgadas na perna e uma senssação de quentura,tbm tive ansia de vômitos.

  20. já me deparei com este inseto 2 vez.a primeira no ano de 2004.matei uma na região do Corumba. município de Luziânia GO. A outra foi recente no alto Xingu. foi picado é muito dolorido tomei remédio chamado especifico pessoa.estou bem. Dia 30/05/2016.foi o dia que topei com o inseto pela segunda vez.

  21. olá ! algum tempo atrás eu encontrei uma e a deixei em um pote todo furado , com o tempo ela morreu mais tenho ate hoje em um recipiente , achei bem interessante , eu não a toquei pois ela posou sozinha na mesa na casa de minha tia no interior.

  22. Em 1994 e 1995 lecionei em MIrassol D’Oeste-MT e em um final de semana estava em uma fazenda quando me deparei com uma exemplar dessa espécie e fui informado a ter cuidado por conta dessa história. Estava na secura tão desenfreada que por pouco não passei a mão sobre o galho onde estava a cigarra com só para de ser ferroado só para ter um tarde de sexo com a dona da casa em que eu estava passando o final de semana.

  23. Até onde ouvir falar era equiparada a uma serpente venenosa, porém esse mito caiu por terra até um dia meu Avô por Nome de João Pereira desfazer tal mito. Um certo dia um inseto apareceu numa árvore no quintal de casa quando ao tom de espanto avisei meu avô, que adiantou que não era perigosa nem tampouco venenosa. Então se aproximou da jaquitiranaboia e pegou – com o dedo indicador e polegar, e apresentou – a para mim, mostrou – me um suposto ferrão que inseria nas árvores para coleta se seiva. Assim foi minha experiência com esse mito da Amazônia que a muitos amedrontam.

  24. Sou maranhense, e por lá muitas pessoas temem esse animal. Eu lembro que, na minha adolescência, quando eu morava com a minha avó, eu estava no quarto e ouvi gritarem lá da sala “uma cobra com asa! cobra com asa, cuidado!!” e eu fiquei tipo “como assim uma cobra com asa?!”. Não fiquei com medo, fiquei curiosa e fui ver o que era. Aí eu vi esse inseto e pensei “mas isso não é cobra, deve ser um inseto” mas aí a minha avó disse que “ela é venenosa e se pousar em uma árvore, a árvore pode secar e se pousar em uma pessoa, a pessoa morre”. Meu espírito científico já presente na época não permitiu que eu acreditasse nessa crendice. Aliás eu nunca fui do tipo que acredita em qualquer coisa que me dizem. E depois que eu procurei me informar eu descobri que a “cobra de asa” é só uma cigarrinha inocente. Afinal, já dizia o ditado: Deus não dá asa à cobra, certo?

    Graduada em Ciências Biológicas.

  25. Sou professora de biologia moro em uma cidade do estado do Amazonas . Estava dando aula e um aluno fez um comentário sobre a jequitiranaboia: falou que um parente seu foi ferruado por pela jequitiranaboia e está enterrado no hospital e os médicos não sabem como trata-lo e o mesmo está muito ruim. Como ela não possui nem um tipo de veneno onque aconteceu com essa pessoa?
    Eles acreditam que ela tem um.veneno mortal.

  26. Mas agora ficou explicado sei opor que das pessoas passarem mal quando são ferruadas pela jequitiranaboia.

  27. Meu Deus do jeito que eu tenho medo, horror, pavor e fobia da cigarra normal essa eu Moreira com certeza nunca quero ter um encontro desse.

  28. Meu avô chamava aqui no Sul da Bahia de Boneca de Paparaiba . Com.seu conhecimento popular afirmava que ela só não matava a árvore de la Paparaiba e as outras que ela pousava matava.

  29. AQUI NA MINHA REGIAO E CONHECIDO COMO JAQUIRANA…E A POUCOS DIAS ENCONTREI UMA EM MINHA KSA TIREI ALGUMAS FOTOS E DEPOIS DEVOLVI AO SEU AMBIENTE NATURAL…AQUI NA MINHA REGIAO TEM ESSES MITOS!!!

  30. Depois de ler a matéria, gosto de examinar os comentários, e fico imaginando a agonia do redator ao ler certos comentários; gente que jura que o inseto é venenoso e mortal e gente que jura que já viu alguém morrer pela picada. Ontem conversando numa roda de amigos, falei da jequitiranaboia e achei interessante que ninguém ali conhecia nada sobre ela, sendo todos do estado de Mato Grosso. De onde eu sou no interior da Bahia há muitas crendices, e por mais que se tente explicar como o inseto é inofensivo, não tem jeito, a crendice é mais forte. Agora fico pensando, como realmente é difícil acabar com ideias pré-concebidas, mesmo com argumentos convincentes. Enfim, gostei da matéria e até me diverti lendo os comentários. Abraço a quem interessar…

  31. Sou de belacruz ce brasil acabei de encontrar uma cobracigarra dentro de casa fiquei preocupad pois quando ela memostrou os olhos abaixo das asas pensei q fosse venenosa

  32. Eu tenho um inseto desse em conserva no álcool e não sabia desses mitos, agora então irei conserva-la assim como outros insetos de minhas coleções.

  33. Agora pouco caiu uma cobra de asas qse em cima da minha cama (como aqui na região é chamada)levei um susto, gritei meu marido Matou mas não tive coragem de olhar direto como ela era mas o corpo parece de uma cobra, será que é venenosa? Já é a segunda vez que encontro uma dentro de casa, morro de medo. .Jaciara Mt

  34. Lá pelos idos de 1948/9 eu era menino, em Mauriti, lá pelo sul do Ceará, quando eu vi pela primeira vez a Jequitiranaboia ou JITIRANABOIA e por lá corria a mesma lenda de que este inseto era perigoso, quando na verdade não é. Corria até um CORDEL/desafio de violeiros e um deles dizia: “Eu sou a tiranaboia, besouro do Piaui, onde enterro o meu ferrão, vejo a madeira cair” Já o adversário dizia: “Você não é a jitirana,besouro do Piaui, você é um rola-bosta, besouro mesmo daqui”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s