Verdade ou mito? João-de-barro prende a parceira se descobre que foi traído

João e Maria em seu ninho de barro – Foto: Fábio Paschoal

O que você faria se descobrisse uma traição? O joão-de-barro fecharia a parceira dentro do ninho, aprisionando-a ali para sempre. Essa história, que ouvi durante uma roda de tereré no Pantanal, me deixou intrigado e resolvi investigar a origem da crença.

O joão-de-barro constrói seu ninho junto com a fêmea. Eles são excelentes arquitetos e utilizam lama para fazer uma estrutura complexa, semelhante a um forno de pizza. Para entrar na casa é preciso passar por um corredor em forma de “L”, que leva a uma câmara onde a fêmea irá colocar seus ovos. Lá eles estarão protegidos do bico do tucano, que não consegue fazer a curva.

Depois de muito tempo olhando para esses ninhos encontrei um exemplar fechado, o que dava sustentação à crença. Sentei na pedra mais próxima e comecei a observar. Reparei que havia insetos entrando e saindo por um pequeno orifício. Seriam moscas colocando seus ovos na carcaça da “maria-de-barro”? Resolvi chegar mais perto para averiguar.

Quando consegui identificar os animais tudo fez sentido. Eram abelhas.

Algumas espécies de abelhas utilizam ocos de árvore para construir a colmeia. Se a entrada for muito grande, as operárias irão diminuir a abertura com cera. Um ninho de joão-de-barro abandonado é uma ótima cavidade para os insetos, e eles irão aproveitá-la se não acharem um lugar melhor para se estabelecer.

Para mim, essa era uma explicação muito mais convincente do que a história da traição. Porém, já vi tanta coisa surpreendente na natureza que fico inseguro em afirmar que a crença não é verdadeira. Prefiro colocar de outra forma: até hoje não há registros confiáveis que sustentem essa teoria de crime passional do joão-de-barro.

Advertisements

98 thoughts on “Verdade ou mito? João-de-barro prende a parceira se descobre que foi traído

  1. Me lembra o comportamento do calau, um “parente” do tucano que, na época da procriação “tranca” sua fêmea num tronco oco com alguma secreção deixando uma abertura somente para a alimentação da fêmea e dos futuros filhotes. Caso o macho venha morrer ela poderá também morrer presa, juntamente com os filhotes. Já vi “casas” de joão de barro que pareciam fechadas, talvez devido a altura ou da posição da abertura. Já vi também com vários andares, acho que com quatro, uma em cima da outra em Alumínio, cidade do interior paulista.

  2. O que eu ouvi de um biólogo estudioso das aves é que realmente o João de barro pode fechar a entrada mas é mais uma medida de segurança contra outros predadores e o macho continua visitando o ninho trazendo comida para a fêmea e os filhotes.

  3. Mito! Algumas espécies de pássaros invasoras e parasitas se aproveitam para colocar seus ovos no local. E assim ao invés do invasor chocar seus ovos, quem choca é a fêmea do João de barro. Ao perceber a presença do invasor, o João de Barro fecha a casinha. dessa maneira evita que o filhote do invasor seja tratado pela fêmea e posteriormente se tornando um futuro outro invasor. Isso porque os filhotes dos invasores acabam matando a cria original para poderem ser alimentados exclusivamente. Há vários vídeos textos sobre isso na internet. Exemplo:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Chupim
    O Cuco é o exemplo mais clássico.

  4. Muito interessante. Na casa da minha mãe havia vários ninhos numa árvore, mas nunca vi nada parecido. Vai ver as marias de barro eram fieis rsrsrs Já vi canários expulsarem o joão e a maria de barro do ninho e se apossarem dele. Canário é um bichinho marrento! Já vi esses passarinhos botando até gaviões para correr.

  5. Também acho que é um mito, apesar de achar romântico. Sei que os animais não traem, pois são superiores e se guiam por instintos e não por vaidades ou pelo orgulho ferido. Esses defeitos são exclusivamente humanos.

  6. GENTE O UNICO SER VIVENTE QUE ASSASSINA OS DAS MESMA ESPECIE ,”POR AMOR” E O SER HUMANO ! OS ANIMAIS NUNCA FAZEM ISSO ! E UMA MENTIRA !

  7. Amei so n gostei quando ele prende prende ela pra sempre ate ela morre isso e idiotice…mais gostei um pouco me ajudo no trabalho da escola

  8. Não existe condição do macho trancar a fêmea, pois levaria muito tempo transportando material no bico para tamanha empreitada, dando tempo assim, para que a fêmea fugisse. Já a questão das abelhas usarem o ninho como morada, é uma realidade…

  9. Minha mae e minha avó sempre contava essa história.
    Melhor ficar a critério de cada um acreditar ou nao.
    Obrigado por pesquisar. Gostei!!

  10. Que eu saiba animais brigam por territórios e disputam as fêmeas com outros da espécie. A meu ver crime passional, só quem comete são os humanos…!!!

    • Oi Gabrielli,

      Encontrar ossos do joão-de-barro dentro de um ninho não quer dizer que o animal morreu porque foi trancado no ninho. Ele pode ter morrido de causas naturais e, após a decomposição, as abelhas ocuparam o ninho e fecharam a entrada com o esqueleto dentro.

      Obrigado pelo seu comentário. Abraço

  11. A história que eu ouço desde criança é que quando um dos parceiros morre o outro fecha a entrada transformando o ninho em túmulo, acho melhor que a da traição.

  12. Gostei da história que foi construída uma casa de João de barro em “Alumínio”,o pedreiro da floresta está evoluindo!…kkkkkk

  13. A história é mais que verdadeira…inúmera vezes já abri uma casinha de João de barro fechada e lá estava a fêmea morta…achei uma vez ela viva,quebrei e ela saiu voando.. Sempre soube que era verdadadeira essa história…pois crio pássaros a muito tempo e entendo muito sobre quase todos eles… Inclusive o próprio João de barro,que não crio,mas sou muito fã dessa ave fantástica.

    • Oi Taian,

      Achar um ninho de joão-de-barro fechado com um esqueleto dentro não significa que o macho prendeu a fêmea no ninho. Pode ser que a ave tenha morrido dentro do ninho e, após a decomposição, as abelhas entraram e fecharam a entrada.

      Abraço e obrigado pelo seu comentário

  14. Sobre o joão-de-barro que fecha a sua parceira, eu sabia que ele fechava a fêmea para poder chocar seus ovos e enquanto isso o joão-de-barro levaria alimento para sua parceira até seus filhotes nascerem.

  15. Se na natureza o que se observa como lei maior é a preservação da espécie a todo o custo, qual seria a razão desse animal nascer com o instinto de matar justamente a fêmea da sua espécie? Um homem faz isso, mas, um animal não. É comum em espécies que a fêmea devore o macho, mas, não com a razão do assassinato, mas, justamente pela preservação da futura prole, transferindo as proteínas do reprodutor que já cumpriu a sua função à nutrição dos seu filhos, continuidade da sua espécie. Veja o caso de algumas aranhas… Com todo o respeito às lendas, isso me parece apenas motivo dor-de-cotovelo de caboclo traído para justificar seus pensamentos menos nobres em relação a sua amada…

  16. Minha mãe morou em sítio quando criança, e também ouvia essa conversa, um dia ela encontrou uma casa de João de barro fechada e logo quis salvar a pobre fêmea, e ela começou a quebrar a casa com cuidado para não machucar a fêmea que estaria lá dentro e coitada da minha mãe, encontrou apenas os ossinhos lá dentro.
    Eu acredito sim, mesmo porque minha mãe não teria motivos para mentir.

  17. Meu pai viveu no campo a vida toda ,

    ele dizia que quando eles adoecem e morrem dentro da casinha,

    ele ou ela fecham a porta e vão embora.,

    E quando os filhotes crescem eles deixam a casa

    para os filhotes e fazem outra para eles.

  18. essa crença de crime passional não me agradava por intuir que isso não ocorria na natureza, espertas as abelhas hein, não sabia, obrigado

  19. Bom dia! Eu acredito porque antes de tudo a história do João-de-barro fala de um amor traido, e nem por isso dar o direito de execução a Maria-de-barro! E por acreditar declaro João-de-barro CULPADO! E tenho dito. /

  20. a minha coelha esta estranha ela ta comendo papel e não liga pra min quando estou perto dela so ficava desviando o olhar eu acho que ela esta sentindo saudades do coelho que minha cachorra comeu =,<

  21. Escutei essa história de um amigo meu que me contou , bom não achei nada tão concreto que afirmasse esse fato , só espero que não seja mais uma história de pescador!!!!! Mas eu vou continuar pesquisando. Valeu.

  22. Um marceneiro que mora em Friburgo me disse que observou muito os hábitos do João de Barro e que na verdade o João de Barro deixa na casinha os ovinhos que não vingam, que os filhotinhos morrem e não a fêmea mãe. Que os ossinhos que encontram são dos filhotinhos.

  23. Olá.
    Lí uns 30 comentários abaixo e pelo que pude entender, constatei o seguinte.
    João de Barros – uma espécie de aves – um pouco mais evoluída ou inteligente que as demais das suas especies, pois constrói o seu ninho com barro, tornando um dos ninhos mais resistentes.

    Várias pessoas dizem que encontraram esqueleto(s) dentro da casa com a entrada fechada.

    É possível dizer que quando a parceira / parceiro MORRE DENTRO DA CASA, inclusive os filhotes, o cônjuge sobrevivente FECHA a casa como se fosse um TÚMULO?

  24. Vozes Dos Animais; Animais são seres sencientes e não irracionais, okay? Sentem frio, fome , medo, alegria e outros… Então temos que rever velhos conceitos…

  25. observando os comentarios para mim fica evidente, que o passaro faz do ninho um tumulo, assim que seu parceiro morre ou filhotes, e não por motivo de crime passional, imagino que lindo tumulo…

    • Oi Diego,

      No caso do vídeo, o homem não mostra o ninho fechado. Ele só mostra o esqueleto da ave fora do ninho. De qualquer forma, há relatos de pessoas que já abriram ninhos e encontraram o esqueleto de um joão-de-barro ou de uma “maria-de-barro”. É possível que a ave tenha morrido dentro do ninho (por doença por exemplo). Após a decomposição, só o que resta é o esqueleto. Depois do cheiro ruim se dissipar, abelhas entram no ninho para utilizar como colmeia e fecham a porta para se protegerem. Quando as abelhas vão embora, o esqueleto de joão-de-barro está preso dentro do ninho.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s